• Matheus Godoy

LinkedIn inMail: como enviar mensagens que dão resultados!


O LinkedIn é uma rede social que pode intensificar muito a presença da sua empresa.

Muitas das 30 milhões de empresas inscritas no LinkedIn tentam descobrir como usar as ferramentas da plataforma da maneira mais eficiente.


E você, será que conhece e aproveita bem os recursos do número 1 na geração de leads?


Principalmente o LinkedIn inMail, que é a melhor ferramenta para enviar mensagens a um público altamente segmentado — por região, nível de experiência, competências e muito mais!


Ué, não sabe usar? A gente vai te introduzir às melhores práticas para o LinkedIn inMail.

Talvez você descubra que, dedicando tempo e investimento, poderá alcançar e interagir com sua audiência.


Simbora!









O que é o LinkedIn inMail?


Na conta básica do LinkedIn, a gente envia mensagens só para as nossas conexões. Já com o InMail patrocinado, é possível mandar mensagens personalizadas diretamente para a caixa de entrada dos usuários, sem que eles estejam entre nossas conexões.

Só de não precisar fazer o “pedido de conexão” já é meio caminho andado, né?


O LinkedIn Messaging, portanto, foi criado para enviar mensagens às conexões de 2º e 3º graus. Acabou substituindo o e-mail e as cold-calls (chamadas frias).


Para refrescar a memória, cold calling é a técnica de telefonar para pessoas aleatoriamente para oferecer um produto, mesmo sem saber se elas se interessam por aquilo ou se têm qualquer relação com a marca.


Atualmente, as cold messages (mensagens frias) ocupam função parecida. Se bem feitas, são menos invasivas que as chamadas telefônicas e podem atrair o interesse dos consumidores, despertando — além da curiosidade — uma ação.


Vale mencionar que o inMail está disponível apenas para as contas Premium.

A ferramenta pode ajudar muito os times de vendas. Isso porque alcança leads de qualidade diretamente e tem altas taxas de cliques (CTR) e de abertura.


Quais as vantagens de usar o inMail?


A ferramenta é um ótimo canal para profissionais de marketing criarem mensagens relevantes sem limite de caracteres, com imagens e de um jeito prático.


Além disso, o InMail patrocinado permite que o conteúdo seja adaptado conforme os objetivos da campanha, como dar as boas-vindas ou fazer um call-to-action.


Envio de mensagem personalizada sem um “pedido de conexão”


Você não precisa arriscar levar um “sem tempo, irmão” de quem não está a fim de aceitar sua solicitação e negociar contigo.

O que não quer dizer disparar mensagens aleatoriamente!

Utilize os dados de perfil do LinkedIn para definir seu público-alvo por competências, idade ou até pelo modo como usam o LinkedIn.

Uma vez que o objetivo é alcançar usuários relevantes, expandir demais os parâmetros de segmentação não dá certo.


Otimização de tempo por não precisar procurar informações de contato


Se alguém ainda pensava que o LinkedIn não era forte por essas bandas, melhor se atualizar. O Brasil é o 4º país com mais inscritos — mais de 40 milhões de usuários!

O melhor é que as informações de cada um desses contatos como idade, gênero, localidade e tudo o mais estão acessíveis. Por ser uma rede de negócios, as pessoas se preocupam em preenchê-la e mantê-las atualizadas.


O que você tem a fazer é definir seu público-alvo e mandar bala! Segmentar e alcançar sua audiência ficou mais prático.


Acompanhamento dos resultados das suas mensagens


O InMail Analytics te mostra uma série de dados sobre a performance das mensagens, o que ajuda a enxergar o que está funcionando e o que não está.

O InMail Analytics informa:

  • quantidade de mensagens enviadas;

  • número de mensagens aceitas;

  • número de mensagens recusadas;

  • quantidade de mensagens sem resposta;

  • taxa de resposta;

  • que tipo de perfil responde mais;

  • como sua taxa de resposta se compara aos benchmarks do setor para empresas semelhantes à sua;

  • que modelo de mensagem obtém mais resposta;

  • a performance de toda a sua equipe (com isso, a gente avalia se as novas estratégias e atitudes têm dado certo).

Super útil, né? Sem contar que a taxa de média de abertura de mensagens no LinkedIn Mensagens é de 52%, segundo o próprio LinkedIn!


Ganho de créditos pelas respostas


Todas as mensagens de InMail recebem uma recompensa quando o destinatário responde. Isto é, você recebe um crédito para cada InMail respondido, desde que seus destinatários respondam no prazo de 90 dias, a partir da data de envio.


Os créditos de InMail consistem numa quantidade de mensagens para enviar aos usuários. No perfil da sua empresa, você vê quantas ainda restam (todo mundo da equipe pode dispará-las).


O pacote de créditos é mensal e expira após 90 dias. O saldo restante é zerado quando a assinatura Premium é cancelada.


Como enviar um inMail no LinkedIn?


Antes de tudo, é preciso fazer o upgrade da conta básica (gratuita) para a Premium, caso ainda não tenha. É só clicar no canto superior direito da Home do LinkedIn, no qual se lê “1 mês de Premium grátis”, e seguir as instruções.

A partir daí, siga o passo a passo:

  1. navegue até o perfil de usuário do LinkedIn para quem você gostaria de enviar InMail;

  2. clique no botão Mais… do cartão de apresentação do usuário (é a parte superior de cada perfil, no qual vemos a foto, localidade etc.);

  3. selecione Mensagens no menu suspenso;

  4. preencha o campo Assunto;

  5. digite a mensagem na caixa de texto;

  6. clique em Enviar.

Como enviar inMail no LinkedIn pelo iOS?


Se você não tem computador por perto, use o iPhone, é só seguir este roteiro:

  1. navegue até o perfil de usuário do LinkedIn para quem você gostaria de enviar um InMail;

  2. toque em Mensagem no cartão de apresentação;

  3. digite o assunto no campo Assunto;

  4. digite a mensagem na caixa de texto;

  5. toque em Enviar.

Como enviar inMail no LinkedIn pelo Android?


Se o smartphone é Android, este é o caminho:

  1. navegue até o perfil de usuário do LinkedIn para quem você gostaria de enviar um InMail;

  2. toque no ícone ✉️ Mensagem no cartão de apresentação;

  3. digite o assunto no campo Assunto;

  4. digite a mensagem na caixa de texto;

  5. toque em Enviar.

Modelos de InMail para você se inspirar


Se você tem pressa ou se pretende enviar InMails pela primeira vez, mas não se dá bem com palavras, tudo bem.


A gente trouxe 3 modelos de InMail, também conhecidos como templates, para te inspirar.


Só não deixe de personalizá-los com informações do seu público-alvo e, de preferência, com o nome de cada (potencial) cliente.


Além de ganhar a simpatia do leitor, mensagens personalizadas têm 15% mais chances de serem respondidas — porcentagem descoberta na pesquisa da manager de Marketing de Produto do LinkedIn, Neha Mandhani.


Modelo 1


Assunto: Como gerar receitas X% mais altas?


[Nome do cliente], veja como gerar receitas X% mais altas


Mensagem:

Olá, [Nome do cliente],

Sua última postagem no blog da empresa mostra sua iniciativa estratégica para [objetivo]. Parabéns por liderar um empreendimento tão importante!

Ao continuar nessa empreitada, você vai querer descobrir como outros profissionais da sua posição realizaram o mesmo projeto com sucesso. Na verdade, conheço [cargo do cliente potencial] de 3 empresas muito parecidas com a sua, que geraram uma receita média de 17% mais alta usando [solução que você oferece] para potencializar seus novos processos.


[Nome do cliente], avise se deseja que eu encaminhe os estudos de caso detalhando como eles alcançaram esses resultados impressionantes.

Atenciosamente, [seu nome e função].


Modelo 2


Olá, [nome do cliente potencial],

Agora que você testou nosso [produto ou serviço] por 3 meses, quero ter certeza de que você tem obtido aquilo que discutimos:

  • Menos entrada manual de dados.

  • Fechamentos financeiros mais rápidos.

  • Relatórios mensais mais precisos.

Do que você precisa para assinar um pacote corporativo, para que toda a equipe de finanças também aproveite as vantagens do [produto ou serviço]?

Atenciosamente, [seu nome e função].


Modelo 3


Olá, [nome do cliente potencial],

Seu site é rico em conteúdo e impressiona visualmente, mas tomei a liberdade de fazer um teste de desempenho gratuito, que mostra que ele pode não estar carregando rápido o suficiente para os visitantes.


Gostaria de ver os resultados do teste e como seu site se compara à concorrência?

Atenciosamente, [seu nome e função].


👉Atenção: personalizar a mensagem implica, no mínimo, dar uma olhada no perfil do prospecto e, se for o caso, nas redes sociais dele e no que mais estiver online.


E aí, tiramos suas dúvidas? Agora, é só partir para a ação.