• Matheus Godoy

Analista de mídias sociais: o que ele faz, quanto ganha e como se tornar um?

Com o avanço do setor de marketing digital, o analista de mídias sociais – também conhecido como social media – tornou-se um profissional fundamental para as empresas que investem nessa estratégia.


É de responsabilidade dele promover a marca na Internet, conquistar engajamento, monitorar os resultados, produzir conteúdos, entre outras ações. 


Para executar um bom trabalho e obter reconhecimento na profissão, um analista de mídias sociais precisa ter algumas habilidades básicas. Será que você apresenta todas elas?


O que faz um analista de mídias sociais?


Se você acha que o analista de mídias sociais é aquele que apenas cria posts para algumas redes sociais, achou errado. O trabalho de um analista de mídias sociais vai além!


Primeiro, é importante analisar o perfil da empresa e em quais redes sociais faz sentido ela atuar.  Após entender o cenário das redes sociais é que o analista começa a exercer as suas principais atividades.


Planejamento das ações


O primeiro passo para a construção de um plano de marketing eficaz nas redes sociais a definição dos objetivos e do prazo de execução.


Com o objetivo definido, em conjunto com o cliente, o analista de mídias sociais saberá quais metas e KPIs deverá acompanhar para garantir o resultado das suas ações – ou pelo menos saber se está no caminho certo.


É importante também ter definido a brand persona e a buyer persona. Com base nessas personas, será possível traçar a linguagem e o tom de voz a ser seguido nas publicações.


Quanto ganha um analista de mídias sociais?

Segundo o site Vagas.com.br, um analista de mídias sociais inicia ganhando R$ 1.388,00 de salário e pode vir a ganhar até R$ 2.612,00. Sendo assim, a média fica em torno de R$ 1.951,00.


É importante, no entanto, avaliar o cenário da sua região. Além disso, é possível, ainda, trabalhar como freelancer, atendendo seus próprios clientes e definindo sua renda de acordo com os trabalhos que consegue realizar.


Quais as habilidades do analista de mídias sociais?


Esse não chega a ser um requisito obrigatório, mas é inegável que os profissionais da área de comunicação estão um passo à frente para a realização desse trabalho.


Entendimento do negócio


Não adianta nada conquistar vários likes e promover o engajamento nas redes sociais se o público-alvo alcançado não gera leads qualificados. Por isso, é importante que o social media fique atento ao perfil do consumidor e ao mercado.


Raciocínio rápido


Sabemos como as informações correm rápido nas mídias sociais. Em uma semana, é possível que vários assuntos surjam e desapareçam, e o analista de mídias sociais precisa observar em quais conversas vale a pena envolver a marca.


Disposição para leitura


Ser uma pessoa bem informada é um requisito básico para esse profissional. A leitura de textos ajuda a aumentar a criatividade, a manter a mente aberta, a descobrir as novidades, a ficar de olho na concorrência, entre outras vantagens.


Conhecimento de ferramentas de marketing digital


Abordamos, até aqui, as habilidades teóricas, mas, para colocar tudo em prática, é necessário que o social media tenha conhecimento de algumas ferramentas de marketing digital.


Google Analytics, Google Adwords, Facebook Ads, e-mail marketing, blogs, marketing de conteúdo, plataformas de suporte e atendimento etc — esses são só alguns exemplos do que é utilizado no dia a dia.


Espírito empreendedor


Para ter sucesso na carreira de analista de mídias sociais, o profissional deve ter espírito empreendedor. Isso porque, assim como nos negócios, as redes exigem habilidades de adaptação e análise.


Organização e planejamento


Um bom analista de mídias sociais precisa ser, antes de tudo, organizado. Pense no seguinte: ele precisará lidar com múltiplas plataformas e, muitas vezes, com diversos perfis e páginas corporativas. 


Criatividade e inovação


Para dialogar com um público qualificado, o profissional de mídias sociais deve ser criativo. Esse, aliás, é mais um motivo pelo qual os profissionais de comunicação se dão tão bem nessa profissão.


Habilidade para interpretação de dados


Aqueles que pensam que estarão longe dos números ao seguir nessa carreira estão muito enganados. Os relatórios, as métricas e os KPIs fazem parte do cotidiano desse profissional.


Capacidade de ser multitarefas


Pois é, ser fera em português e saber lidar com números é só uma fatia da torta. Muitas vezes, serão exigidas habilidades de designer para a composição de peças gráficas, de editor de vídeos ou, até mesmo, de programação.


Perfil de resolvedor de problemas


Essa é, provavelmente, a principal habilidade de um analista de mídias sociais. Sem meias palavras, muitas vezes, você terá que “se virar”. Responder solicitações fora da sua área nas redes sociais é só um exemplo do que acontece no meio.


Por que uma marca deve ter um analista de mídias sociais?


Segundo uma pesquisa de 2019, cerca de 42% da população mundial usa alguma rede social. São cerca de 3,2 bilhões de pessoas!


O Brasil é um dos que mais passa tempo online. Segundo dados da GlobalWebIndex, só perdemos para as Filipinas. Nós passamos, em média, 212 minutos por dia online.

Com tanta gente acessando as redes sociais, você já deve ter imaginado as possibilidades que isso pode gerar para empresas, certos?


Por isso, é importante contar com um analista de mídias sociais realmente qualificado e preparado para lidar com todos os desafios que citamos aqui.

10 visualizações